v. 67 n. 268 (2007): Aparecida: impulso à missão

Aparecida, uma nova referência: luzeiro latino-americano e caribenho!

Havia no ar o encanto de uma saudade, o desejo de partilhar uma descoberta, a vontade de condividir uma angústia, a necessidade de um reencontro. O calendário prometia. A esperança acelerou e alçou vôo. Todos então se preparavam. Bento XVI indicou o local e, enfim, a representantes foram confiadas as esperanças.

E a Igreja latino-americana e caribenha, trazendo seus cântaros, encontrou-se aos pés de Maria! Veio com a sede do peregrino e bebeu prazerosamente. Bebeu da própria fonte da água viva, Jesus Cristo, acolhendo com gratidão e amor a multiforme manifestação da vida neste continente. Um evento! Um kairós!

Regressou com água viva nos cântaros. – Venham ver quem encontrei! Ele me disse tantas coisas! – Conta, conta o que experimentaste! – Assim pareceu bem a nós e ao Espírito decidir...

Mensagem iluminada pela luz da fé e da razão; mensagem aquecida pelo ardor do coração. Anúncio e recepção criativos. Encarnados nas circunstâncias das pessoas, desde os mais isolados rincões até os centros urbanos mais globalizados. Discípulos e missionários do Senhor, a fonte da água que jorra para a plenitude da vida.

A REB tem a satisfação de ser porta-voz de vários autores que se debruçam sobre o evento-Aparecida. Eles partilham o horizonte que deste foco vêem se abrir. Incrementam sua recepção, desejosos de que “nele nossos povos tenham vida”. Em grandes passadas, recordam o “pré-texto” e contexto do evento; delineiam as grandes intuições que poderão inspirar e dinamizar a ação da Igreja católica nestas terras nos próximos anos; indicam lacunas, razão para sempre manter a busca da face de Deus; recordam o fundamento ou a natureza da Igreja; indicam sua razão de ser: evangelizar um continente, rico em religiosidade e marcado pela injustiça e pelo sofrimento, no encanto do Amor que transforma os corações na perspectiva da plenitude do Reino.

Quem bebe desta água nunca esquecerá a fonte. Nunca esquecerá o lugar. Voltará sempre, simbólica e espiritualmente. Aparecida, uma nova fonte! Uma nova estrela a iluminar este abençoado e sofrido chão latino-americano e caribenho!

A V Conferência Geral do Episcopado latino-americano e caribenho mais perto de Você!

Elói Dionísio Piva ofm

Redator

Publicado: 2007-04-09

Artigos

Índices