A teologia em ritmo do Papa Francisco

  • Antônio Moser
Palavras-chave: Vida, Genética, Biotecnologias, Ética, Diálogo.

Resumo

A boa-nova da Vida em todas as suas formas e em todas as suas fases é o horizonte do Autor. O ser humano a quem foi confiada a busca de caminhos de Vida, bem como a administração da mesma, nos últimos tempos, graças ao vertiginoso e rápido desenvolvimento das ciências e das tecnologias, particularmente das ciências relacionadas à genética e às biotecnologias, conhece um poder que anteriormente não conhecia: o biopoder, motivador de esperança e de assombro a todos que entendem de humanidade. Esperança e assombro, porque este poder está sujeito à ambiguidade do ser humano, que pode tanto utilizá-lo seja para o bem seja para o mal. Neste contexto, a Igreja, partilhando o realismo que lhe vem da sabedoria da cruz e da ressurreição de Jesus e os esforços de todas as pessoas de boa vontade, apresenta-se como Igreja do “sim” em relação aos avanços científicos e tecnológicos sabiamente comprovados e abertos à complexidade e às maravilhas da Vida. Embora sem haver abordado ainda estas questões, o Papa Francisco dá uma tônica eminentemente positiva na linha de uma Igreja que sorri para a vida e as conquistas humanas.

The good tidings of Life in all its forms and in all its phases are the Author’s horizon. The human being to whom the search for the paths of Life, as well as for its administration were trusted, in view of the vertiginously rapid scientific and technological development that has happened in the last few years, particularly in the genetic and biotechnological sciences, now is aware of a power previously unknown: this power is bio-power, a reason for hope and astonishment to all those who understand mankind. Hope and astonishment, because this power is subjected to the human being’s ambiguity, and may be used for good or for evil. In this context, the Church, sharing the realism that comes to it from the wisdom of the cross and Jesus’ resurrection and from the efforts of all people of good will, presents itself as the Church of the “yes” with regard to the scientific and technological developments wisely proved and open to the complexity and wonders of Life. Even before dealing with these issues, Pope Francis gives an eminently positive tonic to the line of a Church that smiles to Life and to the human achievements.

Keywords: Life. Genetics. Biotechnologies. Ethics. Dialogue.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-10-22
Como Citar
Moser, A. (2013). A teologia em ritmo do Papa Francisco. Revista Eclesiástica Brasileira, 73(292), 816-848. https://doi.org/10.29386/reb.v73i292.579