Um ministro evangélico no Supremo Tribunal Federal: reações sociais e significados

  • Ari Pedro Oro

Resumo

Este texto faz uso metodológico de centenas de reações sociais à iniciativa do presidente Jair Bolsonaro de indicar alguém “terrivelmente evangélico” para uma vaga no Supremo Tribunal Federal, situação que se concretizou com a indicação e posterior nomeação do pastor presbiteriano André Luiz de Almeida Mendonça. Seu objetivo é analisar tanto as referidas reações sociais quanto os significados inscritos na indicação e nomeação de um evangélico na mais alta corte jurídica do país. Argumenta-se no texto que essa indicação representa o coroamento simbólico de uma aliança firmada entre Jair Bolsonaro e a ala evangélica conservadora brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ari Pedro Oro

Professor titular do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Brasil.

Publicado
2022-07-21
Como Citar
Oro, A. P. (2022). Um ministro evangélico no Supremo Tribunal Federal: reações sociais e significados. Revista Eclesiástica Brasileira, 82(322), 289-309. https://doi.org/10.29386/reb.v82i322.4231