A construção simbólica do “mártir da caminhada latino-americana”

  • José Reinaldo Felipe Martins Filho
  • Daniel Carvalho da Silva

Resumo

O presente artigo visa identificar na Ata de martírio do padre João Bosco Penido Burnier, produzida pelo bispo Pedro Casaldáliga, os elementos simbólicos que configuram um assassinado como Mártir da Caminhada Latino-Americana. Diferentemente dos mártires por causa da fé, estes – chamados mártires da justiça, ou jesuânicos – são identificados a Jesus e morrem como ele, em defesa das causas d’Ele: a vida, a justiça, a liberdade, os direitos humanos e etc. Por meio da análise de registros literários e plásticos acerca do martírio na teologia latino-americana, especialmente naquela ligada à Prelazia de São Félix do Araguaia, confrontados com teorias acerca do simbólico, pudemos apontar algumas conclusões. A saber: os elementos simbólicos empregados na caracterização do mártir da caminhada por Casaldáliga na ata de martírio de Burnier parecem ser intencionais. Mas, quais são suas intenções? Entre outras possibilidades, pode-se responder: animar as lutas pelas quais muitos morreram, manter viva a memória dos mortos, transpor as lutas do campo material para o campo religioso e condensar coletivos em torno da memória de uma liderança assassinada. Do ponto de vista religioso, a doação da vida é a expressão máxima da configuração de uma vida a Jesus em anúncio do Reino de Deus e em denúncia do antirreino.

Abstract: This article aims to identify in the minutes of martyrdom of Father João Bosco Penido Burnier, produced by Bishop Pedro Casaldáliga, the symbolic elements that make up a murderer as a Martyr of the Latin American Walk. Unlike martyrs because of faith, these – called martyrs of justice, or jesuanic – are identified with Jesus and die like him, in defense of His causes: life, justice, freedom, human rights and so on. Through the analysis of literary and plastic records about martyrdom in Latin American theology, especially that related to the Prelature of São Félix do Araguaia, confronted with theories about the symbolic, we were able to point out some conclusions. Namely: the symbolic elements used in the characterization of the martyr of the walk by Casaldáliga in the minutes of Burnier’s martyrdom seem to be intentional. But what are your intentions? Among other possibilities, it can be answered: animate the struggles for which many died, keep the memory of the dead alive, transpose the struggles from the material field to the religious field and condense collectives around the memory of a murdered leadership. From the religious point of view, the giving of life is the maximum expression of the configuration of a life to Jesus in announcing the Kingdom of God and in denouncing the anti-kingdom.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Reinaldo Felipe Martins Filho

Doutor em Ciências da Religião. Professor efetivo junto ao Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Goiás. Atual Coordenador do Bacharelado em Filosofia do Instituto de Filosofia e Teologia de Goiás (IFITEG).

Daniel Carvalho da Silva

Mestrando em Ciências da Religião pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (bolsa CAPES). Licenciado em Filosofia e Libras. Atualmente também realiza pós-graduação – em nível de especialização – em Liturgia Cristã pela Faculdade Jesuíta, em parceria com a Rede Celebra de Animação Litúrgica.

Publicado
2021-06-28
Como Citar
Martins Filho, J. R. F., & Silva, D. C. da. (2021). A construção simbólica do “mártir da caminhada latino-americana”. Revista Eclesiástica Brasileira, 81(319), 397-423. https://doi.org/10.29386/reb.v81i319.2765
Seção
Temas Variados