Sexualidade e cristianismo

Uma análise do erotismo no Cântico dos Cânticos

  • Francisco de Assis Souza dos Santos
  • Elizeu de Oliveira

Resumo

O artigo analisa o erotismo da narrativa bíblica do livro Cântico dos Cânticos do ponto de vista literal, baseado na classificação de Oliveira (2018). Leva em conta seu contexto histórico e cultural, sua linguagem sensual plurissignificativa e dialoga com interpretações da sexualidade humana presentes no decorrer histórico do cristianismo. Conclui, reafirmando a positividade e a sublimidade do amor, expresso em linguagem físico-cultural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco de Assis Souza dos Santos

Pós-Doutor pelo MTSO – Methodist Theological School in Ohio – USA. Doutorado em Teologia Sistemática, pela PUC-Rio; Mestre em Teologia Prática, pela EST – Escola Superior de Teologia – São Leopoldo/RS. Área de concentração – Aconselhamento Pastoral. Graduação em Psicanálise, pela Escola Brasileira de Psicanálise – Delegacia ES. Pós-Graduação em Teoria Psicanalítica, pela Faculdade Unida de Vitória. Pós-Graduação em Estudos Linguísticos, pela Universidade de São Paulo. Graduação em Letras-Português, pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Professor do programa de pós-graduação stricto sensu em Ciências das Religiões da Faculdade Unida de Vitória.

Elizeu de Oliveira

Graduado em Letras, pela FEC/UNESC – Cacoal/RO. Bacharel em Teologia, pela Faculdade Teológica de Ciências Humanas e Sociais Logos – São Paulo/SP. Pós-Graduado em Docência do Ensino Superior, pelo Centro Universitário Barão de Mauá – Ribeirão Preto/SP. Mestrando em Ciências da Religião, pela Faculdade Unida de Vitória. Professor da Faculdade Teológica de Ciências Humanas e Sociais Logos – São Paulo/SP. Professor da rede pública de ensino há mais de 23 anos.

Publicado
2020-12-10
Como Citar
Santos, F. de A. S. dos, & Oliveira, E. de. (2020). Sexualidade e cristianismo: Uma análise do erotismo no Cântico dos Cânticos. Revista Eclesiástica Brasileira, 80(317), 664-691. https://doi.org/10.29386/reb.v80i317.2243