Papa Francisco: um sinal de contradição?

Oposições a seu paradigma pastoral

  • João Décio Passos
  • Leomar Nascimento de Jesus

Resumo

A aproximação e melhor acolhida eclesial à comunidade LGBT, materializadas nas palavras e, sobretudo, nos gestos do Bispo de Roma, é o foco deste artigo. Seu principal objetivo é analisar os grupos LGBT a partir dos ensinamentos/posturas pastorais do Papa Francisco e a oposição explícita que ele tem enfrentado por parte de seguimentos tradicionalistas da Igreja. Pretende-se evidenciar a presença e a força atuais da comunidade LGBT como um fato histórico, social e político, que interpela a Igreja e que deve ser lido numa perspectiva teológica. Por meio da pesquisa bibliográfica e a partir das categorias “sinais dos tempos”, “sinal de contradição” e “periferias existenciais” busca-se ponderar sobre alguns dos maiores desafios e oportunidades que tal conjuntura oferece para uma efetiva escuta, reconhecimento e acolhida das pessoas LGBT no seio eclesial. Trata-se, portanto, de um texto de teologia elaborado em diálogo com outras ciências que auxiliam na decodificação do objeto, servindo-se de fontes do Magistério e de estudos atuais sobre os sujeitos LGBT.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Décio Passos

Doutor em Ciências Sociais pela PUC-SP; Mestre em Teologia pelo Pontifício Ateneu Santo Anselmo, Roma; Mestre em Ciência da Religião; Livre docente em teologia e professor do Programa de Estudos Pós-graduados em Ciência da Religião da PUC-SP.

Leomar Nascimento de Jesus

Doutorando em Ciências da Religião pela PUC-SP; Mestre em Teologia também pela PUC-SP; especializado em comunicação pelo SEPAC (Serviço à Pastoral da Comunicação – Paulinas); Coordenador da pós-graduação “Religião e Cultura” e Professor no Centro Universitário Assunção (UNIFAI).

Publicado
2020-12-10
Como Citar
Passos, J. D., & Jesus, L. N. de. (2020). Papa Francisco: um sinal de contradição? Oposições a seu paradigma pastoral. Revista Eclesiástica Brasileira, 80(317), 634-663. https://doi.org/10.29386/reb.v80i317.2242