O Deus único, o pluralismo e a libertação do imaginário. Quando únicos se tornam um

  • Francys Silvestrini Adão
Palavras-chave: Monoteísmo, Pluralismo, Teologia bíblica, Teologia trinitária, Ética cristã

Resumo

Síntese: Neste artigo, o A. propõe um itinerário teológico aberto à sensibilidade contemporânea, a partir de uma relação entre a singularidade e a pluralidade humanas e a confissão de fé cristã em um Deus único. Para isso, são apresentados alguns discursos sobre o “Único”, partindo de uma análise etimológico-existencial dos termos unicidade e unidade, antes de expor a dinâmica do modo cristão de confessar a unicidade de Deus, bem como as críticas daqueles que não partilham a mesma fé. Em seguida, diante da crítica contra a possível violência dos monoteísmos, propõe-se uma volta às fontes bíblicas, em busca de inspiração e de conversão do imaginário cristão sobre o Único, revisitando algumas “imagens” que perpassam o Antigo e o Novo Testamentos. Finalmente, desenvolve-se uma breve reflexão sobre o modo de existência cristã neste mundo plural. Neste percurso, as figuras bíblicas do estrangeiro, da viúva e do órfão mostrar-se-ão fundamentais para uma nova compreensão da revelação do modo divino de ser “único para os outros”.

Palavras-chave: Monoteísmo. Pluralismo. Teologia bíblica. Teologia trinitária. Ética cristã.

Abstract: In this article, the Author proposes a theological itinerary open to the contemporary sensitivity, starting with a relationship between the human singularity and plurality and the confession of Christian faith in one God. For this, we present some discourses about the “One”, beginning with an etymological-existential analysis of the terms oneness and unity before exposing the dynamics of the Christian way of confessing God’s oneness as well as the criticism of those who do not share the same faith. Next, in view of the criticism against the possible violence of monotheisms, we propose a return to biblical sources in search of inspiration and the conversion of the Christian imagery about the One, revisiting some “images” that pervade the Old and New Testaments. Finally, we develop a brief reflection about the Christian way of life in this plural world. In this course, the biblical figures of the stranger, the widow and the orphan will prove to be fundamental for a new understanding of the revelation of the divine way of being “one for the others.”

Keywords: Monotheism. Pluralism. Biblical theology. Trinitarian theology. Christian ethics.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francys Silvestrini Adão

O autor, natural de Iconha-ES, é membro da Companhia de Jesus. É bacharel em Filosofia pela FAJE – Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia, em Belo Horizonte- MG. Graduou-se em Teologia no Centre Sèvres – Facultés Jésuites de Paris. Sua área de pesquisa compreende as questões básicas da Teologia Fundamental, em diálogo com outras disciplinas, privilegiando a relação entre fé e cultura(s) no contexto brasileiro. Concluiu seu mestrado em Teologia Sistemático-Pastoral na PUC-Rio em 2013, defendendo a dissertação “A ‘encarnação’ do discurso teológico no Brasil. Clodovis Boff: teoria, revisão e debate”. Atualmente, encontra-se novamente na França, onde prepara uma tese de doutorado em Teologia (em diálogo com a gastronomia brasileira), sob a orientação de Christoph Theobald.

Publicado
2016-08-09
Como Citar
Adão, F. S. (2016). O Deus único, o pluralismo e a libertação do imaginário. Quando únicos se tornam um. Revista Eclesiástica Brasileira, 76(303), 617-643. https://doi.org/10.29386/reb.v76i303.179