Medellín e os novos movimentos eclesiais. Os Focolares, a mudança social e a economia de comunhão

Márcio Luiz Fernandes, Cleiton Costa de Santana

Resumo


O presente trabalho investiga a história do Movimento dos Focolares no Brasil.Seguindo o método da Memória e História, resgata a memória coletiva desse movimento em perspectiva social, evidenciando as ressonâncias entre o documento de Medellín e a hermenêutica carismática, que marca a memória do movimento. Nossas conclusões apontam que a experiência carismática e a intensa vida comunitária nela presente lançaram as bases de um projeto de superação das desigualdades sociais, maturado ao longo de décadas de presença dos Focolares no país, até o lançamento da Economia de Comunhão.

Abstract: The present research investigates the history of the Focolare Movement in Brazil. Following the method of Memory and History, rescues the collective memory of this movement and its history from a social perspective, highlighting the resonances between the document of Medellín and the charismatic hermeneutics that marksthe memory of the movement. Our conclusions point out that the charismatic experience and the intense community life in it have laid the foundations for a project to overcome social inequalities, matured over decades of Focolare presence in the country until the launch of the Economy of Communion.

Keywords: Focolare Movement; Economy of Communion; Charisma; Social change.


Palavras-chave


Movimento dos Focolares; Economia de Comunhão; Carisma; Mudança social.

Texto completo:

PDF

Referências


BAUMAN, Z.; BORDONI, C. Estado de Crise. Trad. Renato Aguiar. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2016.

BAUMAN, Z. O mal-estar da pós-modernidade. Trad. Mauro Gama e Cláudia Martineli Gama. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998. BRUNI, L. Comunhão e as novas palavras em economia. Trad. José Eustáquio Rosa. Vargem Grande Paulista: Cidade Nova, 2005.

CÂMARA, H.; LUBICH, C. Discurso aos participantes do congresso de paróquias novas no Centro Mariápolis de Castel Gandolfo em 10 de novembro de 1972. Documento inédito.

CAMBÓN, E. Assim na terra como na Trindade: o que significam as relações trinitárias na vida em sociedade? Trad. José Maria de Almeida. Vargem Grande Paulista: Cidade Nova, 2000.

CRUZ, I.A.A. Economia de comunhão: nicho ou novo paradigma? São Paulo: Cidade Nova, 2016.

GOMES, S. dos S.As novas comunidades católicas: rumo a uma cidadania renovada? Dissertação de mestrado apresentada ao programa de pós-graduação em Ciências Sociais da PUC-Rio como pré-requisito para a obtenção do título de Mestre em Ciências Sociais. Rio de Janeiro, 2008. HERVIEU-LèGER, D. O peregrino e o convertido: a religião em movimento. Trad. João Batista Kreuch. Petrópolis: Vozes, 2015.

LIBANIO, J.B.Os carismas na Igreja do terceiro Milênio: discernimento, desafios e práxis. São Paulo: Loyola, 2007.

________.Concílio Vaticano II: em busca de uma primeira compreensão. São Paulo: Loyola, 2005.

JOÃO PAULO II. Carta Apostólica Mulieris Dignitatem – sobre a dignidade e a vocação da mulher por ocasião do ano mariano. São Paulo: Loyola 1988.

LUBICH, C. Diário de viagem 1964-1965. Trad. Redação da editora Cidade Nova. São Paulo: Cidade Nova, 1991.

MIRANDA, M. de F. A Igreja numa sociedade fragmentada. São Paulo: Loyola, 2006.

PINTO, M.C.S.; LEITÃO, S.P. Economia de comunhão: empresas para um capitalismo transformado. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

PRANDI, R. Um sopro do Espírito: a renovação conservadora do catolicismo carismático. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1998.




DOI: http://dx.doi.org/10.29386/reb.v78i309.727

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Eclesiástica Brasileira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Instituto Teológico Franciscano
Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil