Diálogo na escola de François de L’Espinay: catolicismo e tradições africanas

Afonso Maria Ligorio Soares

Resumo


O artigo homenageia o aniversário dos 20 anos da morte do Pe. François L’Espinay, um dos pioneiros do diálogo entre a religião dos orixás e o cristianismo no Brasil. A partir dessa ocasião, o autor analisa os avanços e desafios do diálogo inter-religioso, especialmente algumas aporias encontradas na teologia dogmática cristã. A tese central é a de propor o sincretismo religioso como um processo que faz parte do cerne da autocomunicação divina à humanidade e não deve ser considerado apenas como exceção,defeito ou mero item da seção “pastoral” das discussões teológicas.

Abstract: The present article celebrates the 20th anniversary of Father François L’Espinay’s death. L’Espinay was one of the pioneers of the dialogue between the orixás’ religion and Christianity in Brazil. The author analyses the developments and challenges of this inter-religious dialogue from that moment onwards, focusing in particular on some aporias found in the dogmatic christian theology. The central thesis views religious syncretism as a process that is at the heart of divine self-communication with mankind and must not be viewed merely as an exception, a defect or a simple item of the pastoral section of the theological discussions.


Palavras-chave


Catolicismo; Diálogo Inter-religioso.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.29386/reb.v67i267.1500

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Eclesiástica Brasileira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Instituto Teológico Franciscano
Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil