O Espírito Santo e a política

  • Aurea Marin Burocchi Instituto Santo Tomás de Aquino (ISTA) e PUC Minas.
  • Diego de Lima Dias Instituto Santo Tomás de Aquino (ISTA).
Palavras-chave: Deus, Espírito Santo, Trindade, Política, Relações.

Resumo

Livre da corrupção, a política é o meio pelo qual o homem tem a possibilidade de relacionar-se com os demais, lutar por seus direitos, conhecer os seus deveres, promover a justiça e construir laços afetivos. O homem, imagem e semelhança de seu Criador, é chamado a ser com o mundo o que Deus Trindade é: relação, amor, comunidade. O Espírito que habita o ser humano o conduz à vida relacional, à política! Pensar a Trindade no mundo e atuante na história por meio do Espírito dado em Pentecostes, que conduz as boas relações em prol da justiça, da amizade, do amor e que suscita luta, indignação e transformação, é o objetivo deste artigo.

Abstract: Free of corruption, politics is the means by which the man has the possibility to relate with others, fight for his rights, know his duties, promote the justice and construct emotional ties. The man, image and likeness of your Creator, is called to be with the world what Trinity God is: relationship, love, community. The spirit that resides in the human leads to relational life, to politics. Think the Trinity in the world and present on history through the Spirit given at Pentecost, and lead the good relationships in favor of the justice, the friendship, the love and gives rise to fight, indignation and transformation it’s the purpose of this article.

Keywords: God; Holly Spirit; Trinity; Politics; Relationships.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aurea Marin Burocchi, Instituto Santo Tomás de Aquino (ISTA) e PUC Minas.

Professora do ISTA e da PUC Minas. Mestrado, Doutorado e Pós-Doutorado em Teologia Sistemática na Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (FAJE), de Belo Horizonte.

Diego de Lima Dias, Instituto Santo Tomás de Aquino (ISTA).

Graduado em Filosofia, acadêmico do curso de Bacharelado em Teologia no Instituto Santo Tomás de Aquino (ISTA). Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional. Funcionário público.

Referências

Axé. [S.l.], 2014. Conteúdo do Youtube. Interpretação: Banda Pj e Raiz. Disponível em <https://www.youtube.com/watch?v=j3Po-JR3t5A>. Acesso em: 23 set. 2017.

BAUMAN, Z. Amor líquido: sobre a fragilidade dos laços humanos. Rio de Janeiro: Zahar, 2004.

Bíblia Sagrada: Edição Pastoral. São Paulo: Paulus, 1990.

BOFF, L. A Santíssima Trindade é a melhor comunidade. São Paulo: Vozes, 1988.

BUROCCHI, A.M. Uma proposta de sentido para o homem de hoje na teologia trinitária de Bruno Forte. Belo Horizonte, 2008. Dissertação de Mestrado. FAJE (Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia), sob a orientação do Prof. Ulpiano V. Moro. Belo Horizonte.

CELAM. A evangelização no presente e no futuro da América Latina: conclusões – Puebla. São Paulo: Loyola, 1979.

CNBB. Mensagem da 56ª Assembleia Geral da CNBB ao povo brasileiro sobre as eleições. Aparecida, 19 abr. 2018.

CODINA, V. Creio no Espírito Santo: pneumatologia narrativa. São Paulo: Paulinas, 1997.

CONCÍLIO VATICANO II. Gaudium et Spes. Petrópolis: Vozes, 1966.

CONGAR, Y. Revelação e experiência do Espírito. São Paulo: Paulinas, 2005.

Deixa a vida me levar. Direção: Universal Music. São Paulo, 2010. Conteúdo do Youtube (3:37 min.). Interpretação: Zeca Pagodinho. Disponível em <https://www.youtube.com/watch?v=oTREAvZbmME>. Acesso em: 01 out. 2017.

Eu adoro a minha televisão. [S.l.], 2014. Conteúdo do Youtube. Interpretação: Capital Inicial. Disponível em <https://www.youtube.com/ watch?v=tqufdxfK7Ww>. Acesso em: 23 set. 2017.

FORTE, B. A Trindade como história: ensaio sobre o Deus cristão. São Paulo: Paulinas, 1987.

HAIGHT, R. Dinâmica da teologia. São Paulo: Paulinas, 2004.

LIBANIO, J.B. Introdução à vida intelectual. São Paulo: Loyola, 2001. _______. Teologia da revelação a partir da modernidade. São Paulo: Loyola, 2005.

MURAD, A. Este cristianismo inquieto. São Paulo: Loyola, 1994.

PAULA, F.F. de; SÁ, L.S.B. de C. Análise da canção “Mosca na Sopa” pela semântica de Pottier. Mimesis, Bauru, v. 36, n. 2, p. 209-216, 2015. RIVAS, L.H. O Espírito Santo nas sagradas escrituras. São Paulo: Paulinas, 2001.

ROHDEN, C.C.S. A reflexão teológica como obra do amor. 2001. Tese de Doutorado em cumprimento parcial das exigências do Instituto Ecumênico de Pós-Graduação em Teologia, Escola Superior de Teologia para obtenção do grau de Doutor em Teologia. São Leopoldo.

Publicado
2019-02-05
Como Citar
Burocchi, A. M., & Dias, D. de L. (2019). O Espírito Santo e a política. Revista Eclesiástica Brasileira, 78(310), 343-360. https://doi.org/10.29386/reb.v78i310.787