Os cristãos frente ao desafio da diversidade religiosa

Um diálogo entre A.T. Queiruga e L.F. Ladaria

  • Paulo Sérgio Carrara

Resumo

A globalização aproximou as religiões, gerando a necessidade do diálogo inter-religioso como dispositivo para a paz e a fraternidade mundiais. O Vaticano II abordou o tema da diversidade religiosa alargando o conceito de salvação cristã e reconhecendo as religiões como legítimos caminhos históricos para a salvação. O pluralismo religioso atual acentua a necessidade do diálogo e da coloração mútua entre as tradições religiosas. O presente artigo sintetiza o ensinamento do Vaticano II e do magistério posterior. Apresenta as razões teológicas para o diálogo inter-religioso a partir da contribuição de dois renomados teólogos atuais, Andrés Torres Queiruga e Luis Francisco Ladaria. Reforça aspectos do magistério do Papa Francisco sobre a importância do diálogo e da colaboração entre as religiões em vista da urgência da paz mundial. O artigo busca, ainda, oferecer aos cristãos fundamentos teológicos basilares que os ajudem a promover o diálogo, evitando a intolerância e o fundamentalismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Sérgio Carrara

Doutor em teologia pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia de Belo Horizonte (FAJE). Diretor e professor do Instituto São Paulo de Estudos Superiores (ITESP), em São Paulo. Membro do Grupo de Pesquisa Estudos em Cristologia da FAJE. Membro da SOTER.

Publicado
2021-12-16
Como Citar
Carrara, P. S. (2021). Os cristãos frente ao desafio da diversidade religiosa: Um diálogo entre A.T. Queiruga e L.F. Ladaria. Revista Eclesiástica Brasileira, 81(320), 593-624. https://doi.org/10.29386/reb.v81i320.3537