Associação de presbíteros, sinal dos tempos?

  • Antônio José de Almeida

Resumo

Uma das marcas de nosso tempo — em que pese o individualismo moderno — é, sem dúvida, o fenômeno associativo. Cresce a interdependência entre as nações e os povos que, saindo do isolamento, agrupam-se em grandes blocos. Basta pensar nos grandes megablocos comerciais que se vão definindo no contexto internacional: a Comunidade Econômica Européia, a ex-URSS e o Leste europeu, os acordos de livre-comércio entre Estados Unidos, Canadá e México, o bloco asiático...

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1992-06-30
Como Citar
Almeida, A. J. de. (1992). Associação de presbíteros, sinal dos tempos?. Revista Eclesiástica Brasileira, 52(206), 387-412. https://doi.org/10.29386/reb.v52i206.2890