Projeto de ética mundial e teologia pluralista

  • Renato Kirchner
  • Maria Liliane Oliveira do Nascimento

Resumo

A proposta de uma Declaração de Ética Mundial, do Segundo Parlamento Mundial das Religiões (1993), suscitou uma ampla discussão, mas sempre pautada pelo diálogo respeitoso dos delegados que estiveram presentes ao evento e que assinaram o texto final. A Declaração de Ética Mundial foi resultado de um processo de diálogo amplo, apresentado pelo teólogo suíço Hans Küng a especialistas e representantes das religiões ocidentais e orientais durante os anos em que este processo durou. Contudo, este percurso envolve o antes, o durante e o depois da apresentação da Declaração de Ética Mundial, o que gerou um conjunto de reflexões, às vezes, controversas, em torno da proposta. Assumimos aqui a propósito de percorrer três etapas para abordar o tema “O Projeto de Ética Mundial e a possibilidade de uma teologia ecumênica e pluralista”, a saber: 1. O diálogo como base espiritual ao Projeto de Ética Mundial; 2. Análises críticas ao Projeto de Ética Mundial; 3. O diálogo inter-religioso e a teologia pluralista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renato Kirchner

Doutor em Filosofia (2007) e professor da Faculdade de Filosofia e do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas).

Maria Liliane Oliveira do Nascimento

Mestre em Ciências da Religião (2019) pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). Coordenadora do Período Integral do Colégio Sagrado Coração de Jesus, Campinas.

Publicado
2021-04-29
Como Citar
Kirchner, R., & Nascimento, M. L. O. do. (2021). Projeto de ética mundial e teologia pluralista. Revista Eclesiástica Brasileira, 81(318), 215-239. https://doi.org/10.29386/reb.v81i318.2571
Seção
Temas Variados