A antropologia em Edith Stein

Urbano Zilles

Texto completo:

PDF

Referências


ALFIERI, F. Pessoa humana e singularidade em Edith Stein. São Paulo: Perspectiva, 2014 (Além de conter um longo e esclarecedor prefácio do professor Juvenal Savian Filho (UNIFESP), esta obra apresenta uma relação seleta das obras de Edith Stein e uma rica bibliografia de estudos sobre seu pensamento).

BELLO, A.A. Intrapessoal e interpessoal: linhas gerais de uma antropologia filosófico-fenomenológica. In: SAVIAN FILHO, J. (Org.). Empatia, Edmund Husserl e Edith Stein. São Paulo: Loyola, 2014.

_______. Edith Stein: a paixão pela verdade. Curitiba: Juruá, 2014.

GARCIA, J.T. Edith Stein e a formação da pessoa humana. 2. ed. São Paulo: Loyola, 1990.

GUZMÁN, C.R. Apresentação. In: STEIN, E. La filosofia existencial de Martin Heidegger. Madrid: Trotta, 2010.

JAMES, W. As variedades da experiência religiosa. São Paulo: Cultrix, 1991.

KUSANO, M.B. A antropologia de Edith Stein. São Paulo: Ideias & Letras, 2014.

MAC INTYRE, A. Edith Stein: um prólogo filosófico, 1913-1922. Granada: Novo Início, 2008.

MAHFOUD, M. Formação da pessoa e caminho humano: Edith Stein e Martin Buber. In: MAHFOUD, M.; MASSIMI, M. (Org.). Edith Stein e a Psicologia: teoria e pesquisa. Belo Horizonte: Artesã, 2013. p. 153-165.

MAHFOUD, M.; MASSIMI, M. (Org.). Edith Stein e a Psicologia: teoria e pesquisa. Belo Horizonte: Artesã, 2013.

MIRIBEL, E. de. Edith Stein (1891-1942). Aparecida: Santuário, 2001.

SALVARANI, F. Edith Stein: hija de Israel y de la Iglesia. Madrid: Palavra, 2012.

SANTANA, L. Edith Stein: a construção do ser pessoa humana. São Paulo: Ideias e Letras, 2016.

SBERGA, A.A. A formação da pessoa em Edith Stein. São Paulo: Paulus, 2014.

SCHELER, M. O eterno no homem. Petrópolis: Vozes, 2015.

STEIN, E. Endliches und ewiges Sein. Freiburg: Herder, 1950. (ESW, v. VII).

_______. Welt und Person. Freiburg: Herder, 1962. (ESW, v. VI). _______. Ser finito y ser eterno. México: Fondo de Cultura Económica, 1994.

_______. A mulher: sua missão segundo a natureza e a graça. Bauru: Edusc, 1999.

_______. O mistério de Natal. Bauru: Edusc, 2000.

_______. El problema de la empatia. Madrid: Trotta, 2004.

_______. Beiträge zur philosophischen Begründung der Psychologie und der Geisteswissenschaften. Freiburg: Herder, 2010. (ESGA, v. 6).

_______. La filosofia existencial de Martin Heidegger. Madrid: Trotta, 2010.

_______. Teu coração deseja mais. Petrópolis: Vozes, 2012.

_______. A ciência da Cruz. 7. ed. São Paulo: Loyola, 2013.

_______. Der Aufbau der menschlichen Person. 3. ed. Freiburg i. Br.: Herder, 2015. (ESGA, v. 14).

TOMÁS DE AQUINO. Suma Teológica. São Paulo: Loyola, 2001 (Edição bilíngue em 9 volumes).

ZILLES, U. Antropologia teológica. São Paulo: Paulus, 2011.

_______. Pessoa e dignidade humana. Curitiba: CRV, 2012.

_______. A experiência religiosa e mística. Porto Alegre: Letras e Vida, 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.29386/reb.v77i306.93

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Eclesiástica Brasileira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Instituto Teológico Franciscano
Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil