Conversão e reforma eclesial

Mário de França Miranda

Resumo


Síntese: O texto procura desvendar as causas das resistências à reforma eclesial encetada pelo papa Francisco. Primeiramente, procuramos apresentar, bem brevemente, seu projeto de reforma eclesial por meio de algumas características fundamentais. Depois, abordamos a tensão entre a unidade da fé e a pluralidade de vivências e de expressões no interior desta mesma unidade. Numa última parte, expomos a necessidade da conversão pessoal em suas várias modalidades, para que o desafio de uma volta ao Evangelho com todas as suas exigências possa ser acolhido e posto em prática.

Palavras-chave: Igreja católica. Papa Francisco. Reforma. Conversão. Resistência.

Abstract: This text aims to unveil the resistance causes to ecclesial reform indicated by Pope Francis. First at all, we try to present very briefly, his project of ecclesial reform by showing some of its fundamental characteristics. Then, we make an approach of tensions between the unity of faith and the plurality of experiences and expressions within the same unity. In the last part we expose the need of the personal conversion in its various modalities so the challenge to a Gospel return with all its demands may be welcome and put into practice.

Keywords: Catholic church. Pope Francisco. Reform. Conversion. Resistance.

Palavras-chave


Igreja católica; Papa Francisco; Reforma; Conversão; Resistência

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.29386/reb.v76i304.143

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Eclesiástica Brasileira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Instituto Teológico Franciscano
Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil