A formação sacerdotal. Contradições teórico-práticas no cotidiano do Seminário

Sílvio José Benelli

Resumo


Procuramos fazer uma leitura crítica do Seminário católico como instituição educativa, a partir dos estudos de Marmilicz. Discutimos as possibilidades ambíguas do processo pedagógico em geral, destacando as relações de poder que o atravessam, produzindo, inclusive, efeitos inesperados. Explicitamos como as dimensões da formação sacerdotal também implicam questões políticas, psicológicas e normalizadoras. Estudamos as possibilidades e os limites da “formação participativa”, analisando a organização das relações de poder na formação presbiteral. Tratamos da sexualidade no processo formativo, tomando o corpo sexuado como objeto da formação do sacerdote celibatário. Finalmente, comentamos os dados de campo coletados por Marmilicz e indicamos como eles são compatíveis com a literatura específica sobre o tema. Tal como o autor, também notamos contradições teórico-práticas na formação sacerdotal no cotidiano do seminário.

Abstract: We try to do a critical reading of the Catholic Seminary as an educational institution on the bases of Marmilicz’studies. We discuss the ambiguous possibilities of the pedagogical process in general, emphasizing the power relations that cross it and that may produce unexpected results. We explain how the dimensions of the priests’ training also involve political, psychological and normalizing issues. We examine the possibilities and the limits of “participative education” analyzing the organization of the power relations in the presbyteral education. We deal with sexuality in the formative process taking the sexualized body as the object of the celibate priest’s education. Finally, we commented on the field data collected by Marmilicz and pointed out how they are compatible with the specific literature about this theme. Like the author, we also noticed theoretical-practical contradictions in the education of priests in the everyday life of the seminary.


Palavras-chave


Formação Sacerdotal; Seminário Católico.

Texto completo:

PDF

Referências


ABERASTURY, A. & KNOBEL, M., Adolescência normal, Artes Médicas, Porto Alegre 1983.

ANJOS, M.F. (org.), Novas gerações e Vida Religiosa: pesquisa e análises prospectivas sobre a Vida Religiosa no Brasil, 2ªed., Santuário, Aparecida 2004.

BARBOSA, M.I.S., Planejamento participativo como instrumento da Psicologia Comunitária – A experiência de Beberibe (CE), em: BRANDÃO, I.R./ BONFIM, Z.A.C. (orgs.), Os jardins da Psicologia Comunitária: escritos sobre a trajetória de um modelo teórico-vivencial, Pró-Reitoria de Extensão da UFC/ABRAPSO, Fortaleza 1999, p. 131-150.

BECKER, D., O que é adolescência, 1ª reimp., Brasiliense, São Paulo 1996.

BENEDETTI, L.R., O “novo clero”: arcaico ou moderno?, em: REB 59 (1999) 88-126.

BENELLI, S.J., Pescadores de homens: a produção da subjetividade no contexto institucional de um Seminário Católico. Dissertação de Mestrado Não-Publicada, Curso de Pós-Graduação em Psicologia, Faculdade de Ciências e Letras – UNESP, Assis, São Paulo 2003.

_______, A instituição total como agência de produção de subjetividade na sociedade disciplinar, em: Estudos de Psicologia 21/3 (2004) 237-252.

BENELLI, S.J./COSTA-ROSA, A., A produção da subjetividade no contexto institucional de um Seminário católico, em: Estudos de Psicologia 19/2 (2002) 37-58.

BOFF, L., Crise: oportunidade de crescimento, Verus, Campinas 2002.

BORDENAVE, J.E.D., O que é participação, 5ªed., Brasiliense, São Paulo 1987.

BRIGHENTI, A., Metodologia para um processo de planejamento participativo, Paulinas, São Paulo 1988.

CENTINI, A. & MANENTI, A., Psicologia e formação: estruturas e dinamismos, Paulinas, São Paulo 1988.

CÉSAR, M.R.A., Por uma genealogia da adolescência, em: Cadernos da F.F.C. – UNESP 9/1 (2000) 131-148.

COMBLIN, J., O povo de Deus, 2ª ed., Paulus, São Paulo 2002.

CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL, Formação dos presbíteros da igreja no Brasil: diretrizes básicas, Paulinas, São Paulo 1995.

_______, Metodologia do processo formativo: a formação presbiteral na Igreja do Brasil, Paulus, São Paulo 2001.

COMISSÃO NACIONAL DE PRESBÍTEROS, Presbíteros do Brasil construindo história: instrumentos preparatórios aos encontros nacionais de presbíteros, Paulus, São Paulo 2001.

COTRIM, G., Educação para uma escola democrática. História e Filosofia da

Educação, 5ª ed., Saraiva, São Paulo 1993.

COZZENS, D.B., A face mutante do sacerdócio. Reflexão sobre a crise da alma do sacerdote, Loyola, São Paulo 2001.

FERREIRA, C.A., Das utopias religiosas às ilusões perdidas: memória de jovens católicos, em: ANJOS, M.F. (org.), Novas gerações e Vida Religiosa: pesquisa e análises prospectivas sobre a Vida Religiosa no Brasil, 2ª ed., Santuário, Aparecida 2004, p. 99-113.

FIGUEIREDO, L.C.M., Psicologia: uma introdução. Uma visão histórica da Psicologia como ciência, Educ, São Paulo 1991.

FOUCAULT, M., A vontade de saber (História da sexualidade, 1), 4ª ed., Graal, Rio de Janeiro 1982.

_______, A verdade e as formas jurídicas, Nau, Rio de Janeiro 1999a.

_______, Vigiar e punir: nascimento da prisão, 21ª ed., Vozes, Petrópolis 1999b (original, publicado em 1975).

GALLO, S., Repensar a educação: Foucault, em: Filosofia, Sociedade e Educação, 1/1 (1997) 93-118.

_______, Transversalidade e educação: pensando uma educação não-disciplinar, em: ALVES, N. & LEITE, R. (orgs.), O sentido da escola, 2ª ed., DP&A, Rio de Janeiro 2000, p. 17-41.

GOFFMAN, E., Manicômios, prisões e conventos, 2ª ed., Perspectiva, São Paulo 1987 (original publicado em 1961).

GUIMARÃES, A.M., Vigilância, punição e depredação escolar, Papirus, Campinas 1985.

JOÃO PAULO II, Sobre a formação dos sacerdotes: pastores dabo vobis, Paulinas, São Paulo 1992.

LIBÂNEO, J.C., Tendências pedagógicas na prática escolar, em: LUCKESI,

C.C., Filosofia da Educação, Cortez, São Paulo 1994, p. 53-74.

LIBANIO, J.B., A volta à grande disciplina, 2ª ed., Loyola, São Paulo 1984. _______, Cenários da Igreja, Loyola, São Paulo 2001. _______, Olhando para o futuro: prospectivas teológicas e pastorais do Cristianismo na América Latina, Loyola, São Paulo 2003.

_______, Impactos da realidade sociocultural e religiosa sobre a vida consagrada a partir da América Latina. Busca de respostas, em: Perspectiva Teológica 37 (2005) 55-88.

LOSADA, M./LAPENTA, V.H.S./SÁ, O. & ALMEIDA, D.B., A Vida Religiosa enquanto instituição: leitura psicológica, Publicações da CRB/Loyola, Rio de janeiro 1999.

MARMILICZ, A., O ambiente educativo nos seminários maiores do Brasil: teoria e prática, Vicentina, Curitiba 2003.

MEDEIROS, K.M.C. & FERNANDES, S.R.A. (orgs.), O padre no Brasil: interpelações, dilemas e esperanças, Loyola São Paulo 2005.

MÉZERVILLE, G., Maturidade Sacerdotal e religiosa: um enfoque integrado entre psicologia e magistério, Paulus, São Paulo 2000.

MILLOT, C., Processo educacional e processo psicanalítico, em: MILLOT, C. Freud antipedagogo, Jorge Zahar, Rio de Janeiro 1987, p. 126-133.

NASCIUTTI, J.C.R., A instituição como via de acesso à comunidade, em: CAMPOS, R.H.F. (org.), Psicologia social comunitária: da solidariedade à autonomia, Vozes, Petrópolis 1996, p. 100-126.

NOUWEN, H.J.M., Intimidade: ensaios de psicologia pastoral, Loyola, São Paulo 2001.

ORGANIZAÇÃO DOS SEMINÁRIOS E INSTITUTOS DO BRASIL, A formação presbiteral: memórias e perspectivas, OSIB, Brasília 2004.

PEREIRA, W.C.C., A formação religiosa em questão, Vozes, Petrópolis 2004.

QUEIRUGA, A.T., Repensar a cristologia: sondagens para um novo paradigma, Paulinas, São Paulo 1998.

_______, Do terror de Isaac ao Abbá de Jesus: por uma nova imagem de Deus, Paulinas, São Paulo 2001.

_______, Fim do cristianismo pré-moderno: desafios para um novo horizonte, Paulus, São Paulo 2003.

REBELO, R.A.A., Indisciplina escolar: causas e sujeitos, Vozes, Petrópolis 2002. VALLE, E. (org.), Padre: você é feliz? Uma sondagem psicossocial sobre a realização pessoal dos presbíteros do Brasil, CNBB/CNP/Loyola, Brasília/São Paulo 2003.

VALLE, E./MEIRELES, R.M./SANCHEZ, J.M., Sexualidade: cultura, ética e vida religiosa, Loyola, São Paulo 1999.

VEIGA-NETO, A., Foucault & a educação, Autêntica, Belo Horizonte 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.29386/reb.v70i277.1209

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Eclesiástica Brasileira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Instituto Teológico Franciscano
Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil